Hugh Hefner fundador playboy

Eu fundei a revista playboy como resposta pessoal à dor e à hipocrisia da minha herança puritana. Minha família era puritana, muito concretamente não havia, de modo algum, abraços e beijos na minha família. Certo dia, depois de muitos anos, minha mãe me veio pedir desculpas por não ter sido capaz de mostrar afeição e carinho. E eu respondi: “Mãe por causa das coisas que foste capaz de fazer eu entrei num caminho que mudou a minha vida e o mundo inteiro”. Quando eu falo da dor e da hipocrisia de alguns dos nossos valores sexuais, tal vem do facto de que não fui acarinhado o suficiente quando era criança.