5 razões em como a castidade não é apenas para malta virgem

castidade

 

Se já se perdeu na caminhada pela castidade, vai, sem dúvida, estar familiarizado com aquela sensação de vazio (desejando fugir) das conversas sobre castidade. Calma, eu estive nessa situação, eu sei como te sentes.

É importante é proteger a virgindade! Nós sabemos que é muito difícil falar sobre a verdadeira beleza da castidade, quando não temos vivido dessa maneira.
Parece que a castidade não é para ti, que já a perdeste, que é tarde demais, certo? Errado! A castidade não é a mesma coisa que a virgindade! A virgindade é uma questão biológica, um simples sim ou não! Enquanto que a castidade é um estilo de vida que olha para o futuro ao invés do passado, e pode ser escolhido a qualquer momento , independentemente do que aconteceu antes.

Como nos diz São Josemaría Escrivá “Quando decidires com firmeza a ter uma vida de pureza, a castidade não será um peso para ti: será uma coroa de triunfo.”

Então, aqui estão 5 razões que mostram como a escolha da castidade não depende da virgindade…

1. A ovelha perdida. Mesmo quando cedeste à perseguição emocional que o teu namorado ou namorada fazia, tornando a relação muita fisica, Jesus continuava a procurar-te a amar-te. Ele nunca vai desistir de ti.

2. Filho pródigo. É tão fácil ser intimidado por pessoas que foram bem sucedidas em manter a virgindade, ou sentir-mo-nos inferior a eles. Mas o Pai não te ama menos do que eles. Ele está sempre à tua espera de braços abertos, para que voltes.

3. A cruz. Jesus sacrificou a sua vida para redimir os nossos pecados. Não apenas da humanidade, mas também de ti, pessoalmente. Há 2000 anos tu ainda não existias enquanto Ele na Sua Dor, já carregava as dores das pessoas. Ele que fazer o mesmo hoje, connosco. Deus não é um tirano, Ele é um Deus de misericórdia, perdão e graça abundante.

4. A Queda de Adão e Eva. Quando Adão e Eva provaram o fruto da Árvore do Conhecimento, permitiram que o pecado entrasse na natureza humana. Por esta razão, todos nós temos pecado. Eu não vou fingir que o pecado não magoa o coração de Deus, sempre que nós caimos, mas Ele sabe que isso acontece, o que nos leva ao…(passo 5)

5. O Sacramento da Reconciliação. A coisa bonita sobre Confissão é que, pela graça de Deus, os teus pecados são completamente perdoados. Quando estás verdadeiramente arrependido sobre os teus pecados, Deus esquece do mal que fizeste. Ele pode acabar com os teus erros do passado. A escolha de deixares para trás o teu passado e viver a castidade no futuro podem ser feitas a qualquer momento.

Quando finalmente conheceres o teu futuro esposo, com certeza que vão conversar sobre a tua história, que poderá ser do tipo: “Depois de permitir na primeira vez, eu não vi nenhuma volta a dar, e assim eu continuei ceder “, ou então parecido com: ” Eu cometi um erro em não esperar por ti, sei disso agora, mas eu não sou mais essa pessoa . Decidi que depois te conhecer, o meu estilo de vida do passado nada vale.”

Como nos diz o Jason Evert: “Não tenhas medo pelo facto de um rapaz não te amar por causa do teu passado. Se ele te define pelo teu passado, ele não é um bom rapaz”

Já tomou uma decisão de algo que se arrepende? Leve seus problemas para a cruz, deixe-os lá, e comece de novo hoje!
A Reconciliação pode, realmente, tirar o peso que estas a carregar.

Escrito por Esther Rich.

No Comments

Post A Comment