Como ajudar um amigo na luta pela castidade

Ajudar amigos na castidade

 

Ser casto no mundo de hoje é difícil. Estamos cercados por uma comunicação social que diz que é chato ser virgem, que não és cool se fores virgem! Que é estranho vestir com modéstia! Que é péssima a ideia de evitar qualquer coisa prazerosa.

Na universidade, eu tinha amigos que foram rotulados e ignorados. Quando se sentiam totalmente derrotados, com o coração partido, eles vinham ter comigo e me perguntavam: “Hannah? Como tens conseguido evitar essa dor e desgosto?”
Antes da universidade, quando recebi o meu primeiro anel de pureza (algo comum entre as pessoas que lutam para viver a castidade, nos EUA), eu decidi que eu nunca mais iria ver pornografia, nunca mais iria ficar bêbada ou usar drogas, e iria vestir começar a vestir com uma certa modéstia, que iria esperar pelo casamento para ter relações sexuais. Com muita oração e com a ajuda da minha fé, consegui seguir essa promessa.

Embora sendo uma pessoa firme, fiquei abalada quando via amigos a ir para a cama uns com os outros, a chegarem a casa das noitadas todos bêbados, a mudarem de relacionamentos maus para outros piores ainda. Os meus amigos frequentemente sofriam com as consequênciasdas suas decisões. E o meu coração doía por causa deles…. e eu queria ajudar … mas como?

Ao longo dos anos, eu aprendi que para ajudar um amigo que luta pela castidade, são necessárias três coisas :

1. Ouvir

Incentive seus amigos para falar sobre suas lutas. Às vezes, ouvi-los pessoalmente – deixá-los falar, é o suficiente para conseguir que alguém veja e reconheça que aquilo que estão a fazer é mau para eles-. Às vezes nem precisas de dizer nada. Apenas ouvi-los e oferecer um ombro para chorar .

É importante não julgá-los, basta ouvi-los. Pode ser um simples vazio nas suas vidas, ou insegurança ou falta de amor, e procuram coisas destas (más). Cada situação é diferente. Ouvi-los e ajudá-los a encontrar a causa pela qual eles sentem essas inseguranças, pode ser o início de cura para eles. Muitas vezes, é reconfortante ser ouvido.

2. Rezar

Este é um tema que é tão ignorado porque parece muito fácil. A oração é um gesto – palavras – e as pessoas esquecem do poder que está por detrás da oração e não levam a sério. Mas é tão importante que rezemos pelos nossos amigos que estão a lutar (a sofrer). Eles precisam de paz interior, e isto só Deus pode dar, e não nós – seres humanos. A oração não tem que ser longa e poética. Pode ser tão simples como “Pai, envia teu Espírito Santo para dar mais sabedoria e paz para o/a (inserir nome aqui) lutar por uma vida casta.” O teu amigo é um filho de Deus. Deus ama-o, aliás, morreu por ele. Peça a Deus para perdoá-los, e orientá-los como devem procurar o respeito que todo o filho de Deus deve ter.

Não é da tua responsabilidade “consertar” ou “curar” as coisas deles. É uma tarefa que está entre eles e o Senhor. Orienta-os espiritualmente e pede a Deus ajuda nas coisas que não podes ajudar, porque para Deus tudo é possível.

3. Dar exemplo

O que significa dar exemplo? Significa viver da mesma forma pela qual incentivamos os outros a viver. Se estás alegre na vida de castidade, os teus amigos vão reconhecer a dor que evitas e a alegria e felicidade que tens, porque tens amor e respeito por ti mesmo. Eles vão querer saber e seguirem o caminho de alegria na castidade.

Não é fácil vermos os nossos amigos a sofrer, em especial com estas coisas que são tão profundas como a sexualidade, o corpo e o espírito. É muito mais fácil desistir e dizer que não há nada a fazer, mas não percas a esperança de que eles podem mudar as suas vidas. Todo o mundo pode ser curado (alegria na castidade).

Escrito por Hannah Crites.

No Comments

Post A Comment